30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

treta entre dirigentes - 02/04/2024, 17:44 - Da Redação

'Presida' do São Paulo pega ar com Textor após acusação de manipulação

Segundo o empresário americano, jogadores do São Paulo participaram de fraudes em 2023

Presidente disparou contra dono do Botafogo
Presidente disparou contra dono do Botafogo |  Foto: Reprodução/SPFC

O presidente do São Paulo, Júlio Casares, não ficou satisfeito com a acusação feita pelo dono do Botafogo, John Textor. O americano afirmou em um texto que cinco jogadores do clube paulista teriam participado de um esquema de manipulação de resultados em uma partida na qual o Tricolor perdeu por 5 a 0 para o Palmeiras, no Brasleirão de 2023.

Nesta terça-feira (2), o São Paulo publicou um vídeo em suas redes sociais no qual Júlio Casares afirmou que Textor foi "irresponsável" e que levará as declarações não apenas para a esfera desportiva, mas também para a comum. "O São Paulo está tomando medidas junto ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), à esfera cível e criminal. Lamentável que instituições importantes do nosso futebol sejam atingidas por um ato impensado, irresponsável", respondeu o dirigente.

Além disso, Casares pediu para que o empresário mostre as provas, algo que até o momento não aconteceu e vem gerando desconfiança. "Se ele afirma ter ocorrido irregularidades, que ele prove e mostre documentos. Mas não fale abertamente, atingindo milhões de torcedores, atletas, uma instituição, homens que construíram marcas importantes. Como é o caso do São Paulo. Portanto, a nossa indignação é tamanha. E representando essa nação de 22 milhões de torcedores, eu quero deixar aqui muito claro: que nada vai ficar escondido. O São Paulo quer esclarecimento. Ele vai ter a oportunidade de esclarecer o que ele afirmou. Se são questões subjetivas, que ele se retrate. Se são questões objetivas, que ele demonstre a veracidade do que ele falou", concluiu o presidente tricolor, após o São Paulo já ter soltado uma nota falando sobre o tema.

O assunto vem sendo discutido desde o final do Brasileirão do ano passado, quando o empresário afirmou que o Palmeiras foi beneficiado na disputa pelo título. Segundo Textor, existem provas contundentes de que isso aconteceu e discute que o tema deve ser levado para a Justiça Comum.

exclamção leia também